Choker: vai bem com tudo e com todas


As gargantilhas bem ajustadas ao pescoço invadiram as lojas e os corações das mulheres. O estilo, com influência grunge, já bombou nos anos 90 e agora voltou com tudo. Eles podem fazer parte do visual gótico suave, que se baseia em looks darks, mas com menor intensidade.

Quem está na casinha dos 20 (quase 30) vai se lembrar bem daquelas plásticas, que imitam uma tatuagem tribal. Eles viraram uma febre entre as adolescentes quando surgiu, e ainda fazem sucesso, mas, agora, outros modelos, com tamanhos e materiais variados, deixam a produção ainda mais interessante. De acordo com o material, podem ser adaptados para diversos ocasiões. 


Camurça, veludo, renda, cetim ou mesmo couro. Fino ou mais largo, o acessório ("coleira") de tecido é capaz de levantar a produção mais básica. Além disso, como o foco fica no pescoço, a choker também dá uma boa alongada na silhueta. Por isso, pode investir sem medo para dar um toque original à produção. Se quiser ser ainda mais ousada, você misturar com outros colares, de tamanhos variados, com detalhes em correntinha e pedras.


Na produção noturna, você pode investir na choker metalizada. Mas vale lembrar que esta merece atenção especial, por isso evite brincos muitos grandes, pulseiras, anéis. 

A gargantilha do momento é uma peça muito versátil: vai bem com camiseta básica e vestido bem produzido. Então, sem medo, se jogue neste hit que tem tudo para valorizar ainda mais o seu visual!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.