Amor por trás das câmeras


"A filosofia por trás de uma fotografia está na paixão incubada que fotógrafo teve pelo registro."
Li esta frase de autor até então desconhecido e logo me identifiquei. E, mais do que isso, registrar o momento é vivenciar profundamente aquela história e recontá-la com criatividade.


Lembram-se quando, nesse post, contei um pouco sobre como tudo começou para mim na fotografia, ainda na faculdade? Pois é, este sonho que retomei faz pouco tem ocupado boa e feliz parte do meu tempo. E tenho conseguido conciliar com minha rotina de trabalho fixo... O que é ainda melhor!


Fotografar é estar constantemente apaixonada e saber lidar com o equipamento que tem em mãos. Digo: talvez você não possa despender grande quantia na aquisição de uma câmera de ponta (e isso facilitaria muito na qualidade do seu olhar), mas você pode fazer o melhor, se tiver talento - e, acima de tudo, empenho - com o que para tantos não parece o suficiente. Escrevo isso porque tantas vezes as pessoas me perguntam sobre o tipo de câmera, lentes... E isso é realmente o mais importante? Com certeza não. A criatividade o é e, sobretudo, o trabalho árduo, da tentativa até a melhor que poderia fazer.


“Se uma foto não está suficiente boa, é porque você não se aproximou o suficiente”
Robert Cappa

Sim... Não se deixou envolver completamente pelo que se vê e o melhor que se pode construir.




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.