Se eu soubesse que ia ser assim


Demorei 25 anos até saber que eu poderia me levantar e buscar meus planos, fossem eles de tijolo ou algodão. Mas deixar de ser a garota que esperava que as coisas passassem diante dos olhos, sem se mover para apanhá-las, foi tarefa árdua, tantas vezes desesperadora; e que deixou marcas, no corpo e no coração.

Apesar disso, as cicatrizes vão se tornando pequenas, quando me lembro de que há muitas histórias para criar sobre quem eu sou e onde quero chegar. Pois, agora, percebo que há muito além das experiências pormenores de dias quaisquer que nos tiram do sério e nos impõe atitudes banais. A minha vida é mais sóbria do que tudo isso e, nos meros detalhes, consigo encontrar a tal felicidade que dura.

Entender o meu papel no mundo é prepotente demais, mas compreender meus erros e acertos, e buscar fazer diferente na próxima tentativa, é um grande passo. Hoje, eu só aposto em mim e vibro com cada pequena conquista, ainda que sejam especiais somente no meu mundinho.

3 comentários:

  1. Adoro suas postagens, você transmite paz e serenidade, pessoa de caráter inexplicável

    ResponderExcluir
  2. Adoro suas postagens, você transmite tanta paz e serenidade a nos leitores, caráter inexplicável

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga linda, obrigada pelo carinho, também por aqui. E pelos elogios! <3

      Excluir

Tecnologia do Blogger.