Como iniciar uma vida saudável sem paranoias

Uma preocupação muito comum entre as mulheres (e homens também) tem sido o equilíbrio das atividades diárias com uma alimentação balanceada e atividade física. O excesso de corpos esculturais expostos pela mídia influencia tanto positivamente, quanto negativamente. Neste último caso, baixando a auto-estima de muitas.

Pelas mídias sociais, acostumamo-nos aos abdômens lisinhos, pernões esculpidos, músculos aparentes e às milhares de denominações para tudo o que é tido como saudável e que deriva disso: vida fit, hábitos fitness; e também se tornou comum ouvirmos sobre alimentos sem glúten, lactose, gordura, e por aí vai. Uma onda que movimenta um novo modelo de mercado. É verdade. Mas, claro, tudo isso faz bem à saúde.

Para mim, não existe passeio melhor do que sair para comer. Mas, atenta a essa onda dos quase-sem-gordura, a consciência pesa um pouco. Então, como iniciar uma vida saudável, sem excessos de chatices? Porque, - vamos combinar -, não há nada mais irritante do que alguém que não se permite "sair da dieta" de vez em quando. haha.

Acredito em se exercitar para poder desfrutar das coisas boas, sem que seja em demasia. Vocês também estão comigo? Pesquisei dicas fáceis e bem práticas para o dia a dia.

Aqui, um almoço mais equilibrado.


- Incluir castanhas na rotina alimentar: "Castanhas-do-pará, de caju, nozes e amêndoas possui baixo índice glicêmico, o que significa que não alteram os níveis de insulina no sangue e provocam sensação de saciedade. Também são fontes ricas em fibras, ferro, vitamina E e selênio, mineral importante para o bom funcionamento da tireoide", diz a a nutróloga Liliane Oppermann. Você pode consumir 2 castanhas-do-pará, 3 castanhas de caju, 2 nozes ou 5 amêndoas ao dia.

- Reduza o sal e aumente a quantidade de água ingerida: o sal favorece o inchaço de pernas, pés, barriga e outras regiões do corpo, além de poder comprometer a saúde. Com relação à água, é ideal que sejam consumidos dois litros por dia (já estamos cansados de saber, falta colocar em prática, né?)

- Faça um bom café da manhã: é o momento em que o corpo está ávido por nutrientes, pois passou horas em jejum. É daí que provém a energia para o nosso dia. Busque incluir frutas, pães, cereais e iogurte natural no cardápio.

- Pratique exercícios físicos regularmente: uma simples caminhada é de graça, melhora o humor e afasta doenças do coração. Escolha uma atividade que tenha tudo a ver com você e tenha disciplina.

- Mantenha os ovos na dieta: se antes era vilão, hoje entrou para a lista de alimentos importantes. Tenho consumir 3 ovos cozidos por semana.

- Uma taça de vinho ao dia, mas nada de exagerar no álcool:  além de evitar infartos e derrames cerebrais, o consumo de 250 ml de vinho tinto, todas as noites, reduz os níveis do hormônio estrogênio, que é conhecido por aumentar os riscos de desenvolvimento de câncer de mama.

- Evite o refrigerante como aliado de todas as refeições.

- Que o jantar seja leve: frango grelado, salada crua e legumes são de fácil preparo e sacia a fome sem exageros.

Para facilitar, você pode estabelecer metas para a semana, distribuindo a alimentação adequada por dia. Assim, você acaba ingerindo todos os nutrientes de que seu organismo precisa e sentirá melhora na pele, no corpo e na disposição para realizar todas as suas tarefas diárias. Mas seja persistente! ;)

Sem paranoias, o importante é sentir prazer ao se alimentar. De que adianta, se matar em uma academia e se privar daquilo tudo que você amava?

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.